Home / Mundo / Teletrabalho na Espanha: as empresas têm que pagar os custos

Teletrabalho na Espanha: as empresas têm que pagar os custos



A modalidade de teletrabalho em Espanha foi aprovada esta terça-feira em Conselho de Ministros, numa altura então devido à pandemia, cada vez mais trabalhadores estão trabalhando em casa.

Segundo o El País, o último texto do decreto afirma que as empresas que implantaram o teletrabalho devido à pandemia não terão que seguir formalmente as novas regras, mas terão que arcar com os custos trabalhistas realizando tarefas em casa.

As novas diretrizes entram em vigor 20 dias após a publicação no jornal oficial do estado. Estas são as diretrizes mais importantes.

O que é considerado teletrabalho?

No mínimo 30% da jornada de trabalho por um período de três meses, o que corresponde a um dia e meio na semana, deve ser realizado remotamente.

Quem paga as despesas?

A lei estipula que a empresa é responsável pela entrega e manutenção dos meios e equipamentos que o trabalhador necessita para exercer à distância do seu negócio.

O texto também afirma que o “desenvolvimento” da atividade deve ser apoiado ou compensado pela empresa, pois o trabalhador não pode arcar com o custo do equipamento e demais meios necessários à realização de seu negócio.


Source link